Livro de Poesia | Primavera em Mim de Mércia Poeta

Clique no botão ao lado para assistir o video relacionado ao produto.

Assistir Video

Livro de Poesia | Primavera em Mim de Mércia Poeta

Código: BKPMMP
R$ 34,00
até 3x de R$ 11,87
Comprar Disponibilidade: Imediata Aproveite! Resta apenas 1 unidade
    • 1x de R$ 34,00 sem juros
    • 2x de R$ 17,40
    • 3x de R$ 11,87
* Este prazo de entrega está considerando a disponibilidade do produto + prazo de entrega.

O Livro

 

Antes de entrar, cuidado com os espinhos, parecem escondidos entre intensos tons de cores das minhas flores. Eu disse “cuidado”, não porque você pode se machucar — mas porque os espinhos não são partes atrativas aos olhos da alma.

 

Por fim, te digo que essas páginas são como pétalas e a primavera é o ano inteiro.

 

Sente-se, escolha o seu chá preferido para o momento e uma flor para a dádiva do presente. Aprecie o agora e sinta o perfume da Primavera que também existe em você!

 

A Autora

 

Mercia Poeta é de Fortaleza/ Ceará — a Terra da Luz, o nordeste do sol para cada um. É neta de uma avó cantora e filha de uma mãe exemplar, dona de casa. Atualmente está com 28 anos e tem um filho lindo. Seu coração é mergulhado em intensidade. Mercia Poeta encontra nos livros e na escrita uma amparo, para que a travessia da vida se estenda pela história completa.

 

DETALHES

Autora: Mercia Poeta | Tipo e formato: brochura, 14x21cm | Encadernação: P.U.R | Número de páginas: 68 | Idioma: português | ISBN: 978-65-997646-0-8

 

*

 

Ela

Ela é assim
Jardim sem pétala
Ponteiro sem hora certa
Uma poesia querendo ser poeta.

E pra ela?
Não faça promessas
Faça Atitudes sem régua
Sem medir o amor

Ela é perfume sem aroma
Uma matemática sem soma
Mas cheia de essência
E sempre com um cantinho
Para te deitar na sombra

E pra ela?
Não fale alto
Fale amor do seu lado
A dois o mundo é pequeno
Para ela, é perfeito.

Ela é frágil de sentimentos fortes
Ela é assim difícil pra traduzir
Mas muito fácil de amar
E muito difícil de se deixar.

*

Solitário Amor

 

Saúdo o amor
Festins do sepulcro d’alma
Que de tanto labutar lágrimas
Dorme com a solidão amarga

Saúdo o amor
O som mavioso
Dessas cordas trêmulas
Que anseia o mesmo fim de Desdêmona

Enfim…
Esqueço o amor anterior
Eternizo em um beijo
A solidão em mim
A única que me amou
Do início ao fim

A noivice
Saúdo a noivice
Desta solidão
Com quem me caso então.

R$ 34,00
até 3x de R$ 11,87
Comprar Disponibilidade: Imediata Aproveite! Resta apenas 1 unidade
Pague com
  • Mercado Pago
Selos
  • Site Seguro

JESSICA IANCOSKI GUIMARAES RAMOS 09648791902 - CNPJ: 33.066.546/0001-02 © Todos os direitos reservados. 2022